Além de todos os credos, maneirismos e crenças... Somos irmãos, e todos nós estamos na mesma barca... A Barca Celestial...
Nave Mãe Terra.

quinta-feira, 2 de junho de 2011

O Guardião do Sol



Os Carajás, Nação Indígena que habita as margens do Rio Araguaia, possuem uma Lenda da Criação... toda especial e própria... eles se consideram : O povo que veio do furo da pedra... em uma semelhança incrível com Omulu do continente africano...
O mesmo Mito reverbera em diversos locais!

O Mundo era escuro e frio... e os feiticeiros tentavam a luz a qualquer preço...
Pajés eram responsáveis por clarear a vida...


Eles caçavam vaga-lumes para prendê-los em pequenas cestas de palha as quais eram utilizadas como lanternas...
Um dia um Bravo feiticeiro desafiou o Urubu Rei para que este libertasse o Sol...
Mas foi vencido... e quando o Grande Urubu pousou vitorioso sobre o corpo do Pajé Guerreiro, abriu suas asas e delas o grande astro surgiu... Iluminando a vida!
Conta outra parte da Lenda de Origem dos Carajás que eles moravam dentro das pedras...
onde era escuro... ( Feito a Alegoria da Caverna de Platão ) E um dia um bravo grupo de guerreiros resolveu sair, e por isto foram caçados e perseguidos, e tidos como loucos 'hereges' e 'profanos'
pelos seus irmãos que amavam ainda a escuridão!
Ao cruzar o furo da pedra imensa... depararam-se com o Dia!
E perceberam que estavam agora no Paraíso!
Que grande lição nos trás esta lenda... este mito... se tornaram profanos aos olhos dos seus familiares para serem moradores do Paraíso!
Que grande alegoria, das nossas religiões, e do comportamento sócio-religioso que nos é exigido!...
Acaso não é sempre que o Novo é tentado...
é perseguido quem o tenta!?
Este Povo está intimamente ligado a Tribo Urubu... ao Povo Urubu, sim isto mesmo!
Aqueles pássaros pretos imensos, que aqui no Brasil costumamos ver no céu toda hora, ( Os Abutres também trabalham como Totens, com o mesmo poder! ) aqui temos os urubus voando bem alto, ou no meio da carniça...
Os Carajás sabiam, que além de serem lixeiros naturais, limpadores da Terra, os Urubus, eram os Guardiões da Luz, e a eles eram atribuídos Dons de Cura e Iluminação...


Desta linhagem de Espíritos Trabalhadores, surge o Caboclo Pena Preta, Feiticeiro Vodum,
De Omulu, e de Kananciuê ( Ou Oxumarê! ) Ligado ao culto de Dhaomé pela Serpente do Arco-Íris que é Oxumarê, o Renovador da Vida.
Caboclo Urubu ou Pena Preta, é Curador Exímio, Despertador da Luz, onde as trevas reinam absolutas,
trabalha com os Exus do Cemitério e da Morte ( Guardiões da Morte ) e com os Guardiões da Vida!


Um Caboclo pouco conhecido na Umbanda.
Salve Caboclo Urubu!
Saravá  Feiticeiro Negro!
Okê Seo Pena Preta!

Ele ensina que este mundo possui Mistérios Profundos...
e que a noite é necessária, para 'embalar' o dia!
Ensina que nas trevas mais densas existe Luz!
Ensina assim Integração da Personalidade!
E desperta o Dom da Cura e da Expulsão de espíritos vagantes!


Eu particularmente, tenho um Amor imenso pelos Urubus, desde pequeno...
Uma amiga e irmã querida que também os ama, me ensinou a observá-los e assim aprendi o Oráculo dos Urubus...



E agora reencontro o Guardião Poderoso, Caboclo Pena Preta!
E a Familia do Povo Urubu!
Reencontrei minha linhagem de Antepassados Carajás.
E lhes pude retribuir tanto Amor e Conhecimento!
Que lindo! ( Chorei de Alegria quando os reencontrei! )
E como diz um Ponto de firmeza dele, ( Passado pelo próprio! ) ele Desperta o Amanhecer, ele é portanto,
um dos Despertadores do Novo Sol, do Novo Mito!

"Eh hê! Guardião do Sol
Eh hê! Guardião da Luz
Seo Pena Preta
desperta o amanhecer!"


........................................................................................................


Ritual para Chamar a Luz do Caboclo Pena Preta


Deve ser realizado as cinco e meia da manhã:


Uma Vela Preta e Branca e uma Vela Dourada,
acenda no seu altar, coloque ao lado esquerdo uma onix preta e um citrino ou pedra do sol,
no meio das duas pedras, um cristal de quartzo que tenha um arco-íris dentro, ( mesmo que pequeno)
um copo com água mineral gasosa, levemente gelada, entre as velas.


Chame o Caboclo Pena Preta:


Eu Peço Licença ao Divino Criador, e a meus Guaridiões
e Saúdo o Guardião do Amanhecer!
Peço que venha até mim neste amanhecer do Novo Dia!
E leve embora a Morte
e deixe comigo o Sol!
Amém Amém Amém!
Agradeço ao Senhor Pena Preta!


Abra tuas asas Espírito do Urubu!
Abra tuas asas e devolva o sol da minha alma!
Eu vos Saúdo Nação Urubu!
Eu vos Saúdo Nação Carajá, dos Guartdiões da Luz!!!


Beba a água toda do copo, pensando: Eu bebo da Água da Vida!


Agradeça, fique em silêncio por um pouco e então faça seus pedidos
SEMPRE pedidos de paz para sua familia, de cura para alguém, de saúde inabalável, de livramento de ataques psíquicos, magias negras e bruxedos... pode pedir pela cura imediata das depressões e síndrome do pânico.


( Nunca peça por afastamento de casais, ou para casar, nunca peça maldades! Pois estas coisas todas sempre lhe serão cobradas além é claro de não serem realizadas! )


Deixe as velas queimarem, e depois guarde o cristal de quartzo com o arco-íris, junto com você, pode levá-lo sempre consigo ou deixá-lo em seu altar ou criado-mudo, sempre limpo como se deve limpar os critais ( se não sabe procure no Google! ) pode ficar sempre visível, mas não deve ser tocado por outras pessoas com frequência, se acontecer não entre em choque está tudo bem! Pode limpá-lo novamente da maneira tradicional e deixá-lo por perto sempre!...


As outras duas pedras, onix e citrino ou pedra do sol ( dependendo da que vc escolheu! ) guarde dentro de uma sacola ou bolsa-descartável, pois você não deve colocar dentro de outra bolsa nem de um bolso , e leve o mais rápido possível a um cemitério ou campo aberto, peça licença aos Guardiões do lugar escolhido, ( Se for no Cemitério vá até o Cruzeiro peça licença aos Guardiões do Cruzeiro e deixe ali ) Lembre-se que:
 para entrar em ambos os lugares e para deixar ali as pedras, você deve pedir licença, e licença para sair, ao sair saia agradecido. Agradeça mais uma vez ao Caboclo Pena Preta, Feiticeiro Pena Preta, Pajé Negro... neste momento você saberá como chamá-lo! E saiba que a partir daí, você será intuído a se tornar um Despertador do Sol, em sua casa, no seu trabalho e no seu amor!


A partir deste momento terá a Proteção do Caboclo Pena Preta!




E tenha a certeza que o amanhecer lhe trará uma nova vida
de harmonia e paz... 



Como Animal Toten ou de Poder, ele come as energias estagnadas em seu corpo energético, e em sua vida, e as transmuta.
São curadores e limpadores dos Pontos de Força ou Vórtices de Energia Planetários, bem como dos Chácras Planetários!


( Este Blog pretende também difundir um Novo olhar sobre o Xamanismo e a Umbanda. Um olhar mais harmonioso, sem crendices, onde mostra que este Caminho é BELO HARMÔNICO E ILUMINADO, sem a farsa que a ele foi atribuído por inúmeros charlatães! )





__________________________________________________________________________

Imagens desta postagem: Urubu/Google Imagens
Pajé Carajá/ Google Imagens.


4 comentários:

Hanah disse...

Belissimo ... seu trabalho é maravilhoso !!! Abençoado...

sem palavras...

:D

Bjus

Hanah

Astrid Annabelle disse...

Lindo!!!
Bjs de luz!!!
Astrid Annabelle

Meru Sâmi disse...

Salve, Seo Pena Preta! OKEY, Caboclo!

Estou sem palavras, aqui, pois só quem passa por experiência semelhante sabe do que você fala.
Lindo, parabens, mesmo!

Beijão.

♫*Isa Mar disse...

Salve seu Pena Preta, Guardião do Sol e da Luz!
Gostei muito de saber mais sobre os Carajás e essa lenda, pois tenho uma afinidade muito grande com os Urubús, obrigada por compartilhar esses conhecimentos querido amigo!
Beijos de luz pra ti!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Oxumarê: Divindade Despertadora do Novo Mito

Oxumarê: Divindade Despertadora do Novo Mito